Cólera

A cólera é uma infecção intestinal aguda causada por uma toxina produzida por uma bactéria conhecida como vibrião colérico. Afecta apenas humanos e é contraída pela ingestão de água ou alimentos contaminados. Na história da humanidade ocorreram várias pandemias de cólera, mas actualmente encontra-se confinada a regiões da Ásia, África e, em menor grau, das Américas, locais com más condições higiénico-sanitárias.

A sua apresentação clínica é variável. A grande maioria das infecções é assintomática e nos casos ligeiros ocorre, geralmente, uma diarreia aquosa, auto-limitada. No entanto, em alguns casos surgem de forma súbita, vómitos intenso e diarreia aquosa e profusa, que pode conduzir a desidratação e morte em algumas horas.

O risco para os viajantes é baixo, mesmo em países onde ocorrem epidemias de cólera, desde que respeitadas medidas de higiene pessoal e alimentar, como seja evitar ingerir alimentos potencialmente contaminados. Em situações que se prevêem de risco elevado, poderá recorrer-se à vacinação. Esta vacina existe no mercado português, trata-se de uma vacina oral e consiste na administração de duas ou três doses antes da exposição. Pode ser administrada a crianças com idade superior a dois anos.

Prof. Doutor Luís Varandas
Unidade de Infecciologia, Hospital Dona Estefânia, Lisboa
Instituto de Higiene e Medicina Tropical
Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa